PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

VELHO OESTE NA BAHIA: BANDIDOS TOMAM CIDADE E LEVAM DINHEIRO DO BANCO


10300511_742912705775531_6902892509104444067_n
10440140_742912972442171_8515448226033463364_n
A agência do Banco do Brasil de Uaua, no Norte do Estado, foi assaltada agora a pouco. Os bandidos, saíram do banco, em um veículo Strada branca e outra cinza com dois reféns.Os elementos colocaram um caminhão atravessando na rua, em frente a agência, dificultando a passagem das pessoas e da polícia. Foram cerca de 15 homens e deflagraram diversos tiros de arma de grosso calibre. Um vigilante e um cliente saíram baleados.

Família descobre que modelo desaparecido está morto em Itacaré

IMG-20141030-WA0001-300x180-500x300 (1)Uma família que mora na capital baiana descobriu dá pior maneira possível o paradeiro do jovem Ruan Cesar de Oliveira Vieira, que estava desaparecido há dias. Ele foi assassinado em Itacaré, e somente após os parentes publicarem no Facebook o desaparecimento dele, receberam a informação da morte do rapaz. Na página pessoal dele no dia 27 às 10 horas, ele elogiava o destino do final de semana. “Que lugar top… Vamos de praia Ilhéus”, adicionando localização à publicação – na praia do Norte em Ilhéus.

Acusados de matar jovem em quadra de futebol no Rio são encontrados mortos


“Vida paga com vida. Matou inocente, morreu. Não aceitamos covardia”, dizia cartaz junto aos corpos

Cinco corpos foram localizados dentro de um carro abandonado na Rua General Gustavo Cordeiro de Farias, em Benfica, na Zona Norte. Junto aos corpos a polícia encontrou um cartaz com um recado: “Vida paga com vida. Matou inocente, morreu. Não aceitamos covardia”.
De acordo com o delegado Alexandre Herdy, da Divisão de Homicídios, dois dos cinco mortos já tinham mandado de prisão pela morte de Caio Martins Ferreira. São eles: Artur da Silva Reis, o Mano A, e um traficante chamado Augusto, o Gugu.

Um outro morto foi identificado apenas pelo apelido de Biruleide. O local foi isolado para a realização de perícia.

Outro traficante acusado de matar Caio, identificado como Ederson Figueiredo, o Sobel, continua sendo procurado pela polícia. De acordo com Herdy, a guerra entre facções na Mangueira começou com a morte do traficante Tuchinha, em setembro.

A polícia investiga se os cinco homens teriam sido mortos na Serrinha e trazidos para Benfica. Todos são moradores antigos da Mangueira e teriam trocado de facção criminosa junto com Tuchinha - eles pertenceriam agora à facção criminosa que comanda o tráfico na Serrinha.

Caio jogava futebol num campo de futebol na Mangueira, na noite de terça-feira, quando criminosos chegaram ao local e atiraram. Outras três pessoas ficaram feridas, entre elas uma criança de 5 anos, que já recebeu alta.

Após o crime, houve protesto na comunidade e dois ônibus foram incendiados. Nesta quarta-feira, após o enterro de Caio, houve nova manifestação na Mangueira. Também nesta quinta-feira, outro corpo foi encontrado no Canal do Mangue, na Avenida Presidente Vargas, no Centro do Rio.

Bombeiros o retiraram do local. Ainda não há identificação do corpo, que foi encontrado com marcas de tiros nas costas. No trecho, próximo à estação do metrô Cidade Nova, onde pela manhã opera uma faixa reversível em direção à Candelaria, não houve interdição do trânsito.

Reunião discute alterações em Lei que regulamenta mototaxistas em Itabuna

Sancionada em 19 de dezembro de 2013, a Lei Municipal 2.260 que autoriza e regulamenta os serviços de moto-taxi e moto-frete no município de Itabuna, e que hoje conta com 353 alvarás expedidos, voltou às discussões da Comissão de Redação Legislativa da Câmara de Vereadores, numa reunião realizada nesta última quarta-feira (29).

Entre os convidados que compuseram a mesa estavam Thomas Fernandes (diretor de trânsito da Settran), Jorge Teles (presidente do Conselho Municipal de Transporte Público), Lomanto Lacerca (presidente do Sindicato dos Mototaxistas e Motociclistas do Sul da Bahia – SindMoto), Emerson Silva (presidente da Associação dos Mototaxistas de Itabuna), a vereadora Valéria Morais (relatora do projeto anterior, PSC) além de demais representantes da classe e membros da sociedade civil organizada

A SUA NOVA OPÇÃO DE COMPRA MOTOS JÁ CHEGOU EM ITABUNA MULTI MOTOS

A SUA NOVA OPÇÃO DE COMPRA MOTOS JÁ CHEGOU EM ITABUNA MULTI MOTOS

Foto de Alexdesouza Telsouza.

ATENÇÃO JÁ CHEGOU EM ITABUNA UMA NOVA OPÇÃO DE COMPRA  SUA MOTO,  MULTI MOTOS,  E VOCÊ  PODE PAGAR NO CARTÃO EM ATÉ 12 VEZES, MULTI MOTAS FICA NO POSTO JOCEL I AVENIDA JURACI MAGALHÃES BAIRRO DE FÁTIMA ITABUNA BAHIA A DIREÇÃO: ( JORGE E CELSO ).

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Juiz decreta internação de menor que matou 3 em Itabuna



O juiz da Vara da Infância e Juventude de Itabuna, Marcos Bandeira, decretou a internação provisória de um adolescente de 17 anos que confessou três assassinatos, dentre eles o do sindicalista Moisés Silva Ribeiro, dirigente do Sindlimp em Itabuna. A decisão de internação do adolescente foi tomada após o magistrado interrogá-lo hoje (28). O adolescente foi apreendido no último domingo, após roubar dois celulares de uma mulher no Bairro Jardim Primavera. Diante do juiz Marcos Bandeira, do promotor Dioneles Leonis e do defensor público Washington Luis Pereira Andrade, o adolescente confessou os três assassinatos. O primeiro homicídio ocorreu em março deste ano e a vítima chamava-se “Morte”. Segundo o adolescente, o algoz foi morto por causa de dívidas de drogas. Já a adolescente Brenda, que era uma espécie de alcaguete, foi morta a tiros. O adolescente Carlos efetuou dois disparos e comparsas efetuaram os demais disparos. O assassinato do sindicalista Moisés Ribeiro foi cometido, segundo o adolescente, a mando do presidiário conhecido como “Rio do Meio”, de dentro do Conjunto Penal de Itabuna. Neste último, segundo o adolescente, um dos comparsas, Alef, cortou a orelha da vítima para servir de prova para mostrar ao mandante. Após o interrogatório, o juiz Marcos Bandeira decretou a internação provisória do adolescente por 45 dias e determinou o seu imediato encaminhamento para o CASE, em Salvador. No dia 19 de novembro, haverá a audiência de instrução e julgamento, quando o jovem poderá ser condenado a cumprir a medida definitiva de internação por até 3 anos em Salvador, prazo máximo previsto pela legislação para o caso.