terça-feira, 31 de outubro de 2017

Policial comete suicídio em Ilhéus

















O soldado PM Carlos Geovanne, 23 anos, cometeu suicídio, com um tiro na cabeça, na noite desta segunda feira (30), na 5ª travessa da avenida Princesa Isabel, em Ilhéus. Segundo informes preliminares, o policial, que é filho do músico Bebeto, vinha tendo atritos constantes com sua atual namorada. Ele já vinha, há algum tempo, dando sinais de desequilíbrio emocional. Apesar de morar em Ilhéus, Geovane, que estava somente há três anos na PM, era lotado na 61ª Cia de Policia Militar de Ubaitaba e trabalhava em Ibirapitanga. No Face, Geovanne deixou uma mensagem alegando ter tentando mudar e ter confiado em pessoas que não o ajudaram. “O que encobre as suas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia ( Provérbios 28:13)”. "Aos que me amam me perdoem se minha atitude pareça egoísta mas é a única forma que eu tive de encontrar saída para os meus problemas . O que eu tenho a falar é que nunca julguem uma pessoa depressiva e/ou uma pessoa com tendências suicidas, pois apesar de mórbida que for nossas decisões sabemos que a única forma de resolver (infelizmente) é assim .. eu não queria me matar , eu queria viver , mas tudo foi contrário a minha progressão em todas as áreas da minha vida , e aqui fica o meu adeus aqueles que gostaram de mim genuinamente , eu amo vocês , e tenham certeza que qualquer lugar que eu for é melhor que esse inferno que eu vivo... Adeus”

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

55% dos trabalhadores já presenciaram assédio


Uma pesquisa realizada com 5.151 pessoas na América Latina revela que, em 2016, 55% deles já presenciaram ou sofreram algum tipo de discriminação ou assédio no ambiente de trabalho.Os resultados também apontam que metade dos entrevistados (50%) já sofreram desigualdade no trabalho, tanto em relação ao gênero, raça ou orientação sexual.Os dados foram coletados pela Workana, plataforma de trabalho freelancer com atuação em toda a América Latina. Segundo a pesquisa, 74% das entrevistadas do sexo feminino afirmam terem sofrido algum tipo de discriminação ou assédio.A relações públicas, Anna Paula Mathias, de 30 anos, teve a sua saúde prejudicada depois de trabalhar em uma agência de intercâmbio no Rio de Janeiro (RJ).Após dois meses de trabalho, Anna começou a receber o que considera cobranças excessivas e, segundo ela, ligações fora do horário de trabalho por parte do dono da empresa.

Moto roubada na praça Adami. Boletim do 15º BPM

ITABUNA:
8.1 ROUBO
8.1.1 Transeunte
Por volta das 11h do dia 17/10, o CICOM foi informado que no Centro Comercial, dois indivíduos a
bordo de uma moto Bros vermelha, tomaram um celular e seguiram sentido Bairro Santo Antonio ou São Lourenço.

8.1.2 Transeunte
Por volta das 12h10 do dia 17/10, o CICOM foi informado que na Rua Alzira Paim, Bairro Pontalzinho, dois indivíduos, a bordo de uma moto Bros preta, placa OLD 7868, subtraíram uma bolsa de uma
mulher.

8.1.3 Veículo
Por volta das 20h38 do dia 17/10, dois elementos portando armas de fogo, ambos morenos magros,
um deles usando capacete branco, roubaram a moto XRE de cor branca e preta, de placa PJK-9594,
além de um celular, fato ocorrido na Praça Adami, Centro.

8.1.4 Transeunte
Por volta das 18h32 do dia 17/10, dois elementos a bordo de uma moto de cor preta, placa ignorada,
roubaram o celular de um transeunte na Praça do bairro Pontalzinho.

8.2 HOMICÍDIO/ TENTATIVA DE HOMICÍDIO
Arma de fogo
Por volta das 19h55 do dia 17/10, na Praça pública do bairro Santo Antonio, elementos não
identificados efetuaram disparos de arma de fogo, atingindo o menor LUCAS PEREIRA SANTOS ROCHA, 16 anos, morador daquele bairro, que foi a óbito no local. Na mesma situação, JARLEN SANTANA DOS SANTOS, 37 anos, foi alvejado na perna sendo encaminhado pelo SAMU ao hospital de Base de Itabuna.